Actualidade

Últimas notícias relacionadas com a FENPOL, com os seus associados e a Polícia de Segurança Pública.

Forças de Segurança exigem esclarecimentos

Rating   / 0

Associações sindicais das polícias dizem que o Governo não pode só exigir cortes, também tem de cumprir a lei.

Os sindicatos da PSP, da GNR, dos Guardas Prisionais e das Forças Armadas exigem explicações ao ministro das Finanças, Vítor Gaspar, pelos anunciados cortes nas progressões das carreiras remuneratórias.

Ler mais e comentar

Reunião de emergência

Rating   / 0

Sindicatos e Associações discutem eventuais medidas de luta.

As estruturas sócio-profissionais da PSP, GNR, Forças Armadas e Guardas Prisionais vão juntar-se. Os representantes das forças de segurança querem discutir o que fazer perante o anúncio do governo de corte nas progressões nas carreiras dos militares e das forças de segurança.

Ler mais e comentar

"Deveria ser um civil a dirigir a polícia"

Rating   / 0

Pedro Magrinho, presidente da Federação Nacional dos Sindicatos de Polícia (FENPOL), é um crítico feroz do actual modelo de gestão da PSP e defende que alguém de fora estaria imune a pressões corporativistas.

Veja aqui a entrevista concedida ao Correio da Manhã.

Ler mais e comentar

Instituto da PSP

Rating   / 0

Polícias pedem ao ministro da Administração Interna para encerrar o Instituto da PSP. Formação polémica de oficiais e contenção de despesas fundamentam pedido. Exigida a demissão do director nacional.

A Federação Nacional dos Sindicatos de Polícia (Fenpol) da PSP vai solicitar ao ministro da Administração Interna, numa reunião prevista para segunda-feira, que extinga o Instituto Superior da Polícia, em Lisboa. A medida visa, de acordo com o presidente da estrutura sindical, Pedro Magrinho, “reduzir custos, evitando a duplicação de cargos e funções” e também “criar condições para que, a médio prazo, seja possível ter na PSP oficiais de carreira aproveitando as suas licenciaturas”.

Ler mais e comentar

FENPOL espera que novo ministro seja "aberto ao diálogo" com os sindicalistas

Rating   / 0

A Federação Nacional dos Sindicatos da Polícia (FENPOL) espera que o novo ministro da Administração Interna (MAI) seja 'aberto ao diálogo', afaste o 'estigma' que recai sobre os sindicalistas' e encare os sindicatos como parceiros sociais e não como inimigos.

Em comunicado sobre a nomeação do novo MAI, Miguel Macedo, a FENPOL manifesta 'total disponibilidade para a reflexão e discussão de modelos de segurança e da necessária cooperação policial, de objetivos de estabilidade e do tão esperado pacote de medidas de despesismo interno que a própria Direção Nacional da PSP já deveria ter apresentado'.

Ler mais e comentar